MENU

Swell Construções: blog com notícias do mercado imobiliário

Fique por dentro das principais notícias do mercado imobiliário.

Voltar para o Blog

Como é morar no Bigorrilho, em Curitiba?

Um dos cinco bairros com melhor qualidade de vida da cidade. Quarto maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do município. São duas características que dão a dimensão de como é morar no Bigorrilho, em Curitiba.

Não à toa a região é a preferida para investimentos. Por sinal, o Bigorrilho é o endereço do mais novo empreendimento imobiliário da Swell, o CasaMia. Aliás, a localização privilegiada está entre os diferenciais do edifício de apartamentos boutique recém lançado pela construtora.

Perto de tudo de bom

Morar no Bigorrilho é estar perto de tudo de bom que Curitiba oferece. Por exemplo, na região fica o Parque Barigui, um dos mais emblemáticos da cidade.

Mas o contato com a natureza não está restrito àquele ponto. O Bigorrilho é dos mais arborizados da capital: conta com mais de 4 mil árvores. Avenidas, ruas e alamedas cobertas por dossel verde são marca registrada do bairro.

Além do parque, as praças também formam importantes áreas de lazer e cultura.

Na Praça da Ucrânia, o destaque é a feirinha gastronômica das sextas à noite. Na Praça da Espanha, a feira de antiguidades e a exposição de carros de colecionadores são atrações aos sábados. Nas redondezas, há uma vasta opção de bares, restaurantes e cafés.

Infraestrutura de serviços

A infraestrutura de serviços faz o Bigorrilho se sobressair.

Na área de saúde, o bairro conta com clínicas e hospitais nas mais diversas especialidades.

Em educação, a presença de unidades de ensino das mais conceituadas redes assegura escola para crianças e adolescentes de qualidade, perto de casa.

Por sua vez, o comércio é caracterizado pela diversidade e requinte. Na vizinhança, estão shoppings como Park Shopping Barigui e Pátio Batel.

Vale ressaltar a mobilidade urbana. Binários, como o das ‘Rápidas’, e vias bem sinalizadas e conservadas tornam os deslocamentos na região mais seguros. Calçamento amplo, ciclofaixas e paisagismo aprazível também fazem parte da identidade do bairro.

Com tudo isso, o Bigorrilho tem, junto com o vizinho Batel, IDH-M de 0,948. É o quarto mais elevado de Curitiba, e superior ao índice médio do município (0,783). A expectativa de vida no Bigorrilho é de 81 anos, a mais elevada da capital paranaense.

O CasaMia, da Swell

O CasaMia será construído na esquina da Alameda Princesa Izabel com a Rua Joaquim Ignácio Taborda Ribas, num terreno de 3 mil metros quadrados.

O empreendimento terá duas torres, com 43 apartamentos boutique no total. Incluem-se aí unidades gardens e coberturas duplex. Há opções com uma, duas e três suítes.

Já como área de lazer, o CasaMia contará com salão de festas, lounge, piscina coberta e aquecida, delivery box, brinquedoteca, horta de temperos e ainda espaços kids, pet, gourmet e fitness.

Assim, a área construída total passará dos 11,6 mil m².

Você pode saber mais do CasaMia clicando aqui.

E se quiser saber a origem do nome do bairro Bigorrilho, recomendamos este conteúdo aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assuntos relacionados