News Swell

Imóveis novos já estão preparados com espaço e infraestrutura para home office

O imóvel ideal para home office

30/06/2021

O home office consiste em levar a rotina de trabalho do escritório para a casa. Também chamado de teletrabalho ou trabalho remoto, é uma tendência mundial que se intensificou na pandemia do coronavírus (Covid-19).

Certamente, você já leu vários artigos para preparar o seu imóvel para o trabalho home office. Mesmo assim, não é fácil manter a produtividade, principalmente quando não há um espaço dedicado para isso.

Aliás, manter a rotina do trabalho em home office é ainda mais difícil quando as crianças estão em casa. Ainda mais, se todos precisam compartilhar o mesmo ambiente o tempo todo.

Além do espaço, a infraestrutura é essencial para que essa nova dinâmica profissional funcione de verdade.

As construtoras e incorporadoras também sabem disso. Por isso, os imóveis novos surgem com diversas características para proporcionar o máximo em conforto e funcionalidade para o trabalho em home office.

Espaço próprio para home office

Os imóveis novos apresentam soluções para o trabalho em home office tanto dentro dos apartamentos, quanto na área comum dos empreendimentos.

Dessa forma, o morador pode fechar a sacada do seu apartamento e ter um escritório privativo em casa, com conforto e conectividade.

Além disso, uma ótima opção para as famílias é escolher um imóvel com um quarto a mais do que o necessário para abrigar toda a família.

Geralmente, os apartamentos de 3 quartos são ideais para pais com filhos. Para casais sem filhos, os apartamentos de 2 quartos podem atender a demanda.

Assim, todos ficam bem acomodados no imóvel e você ainda pode destinar um dos quartos para o seu home office.

Também existem alguns edifícios que trazem essas soluções na área comum, por meio do meeting room. Ou seja: uma sala que pode ser usada para uma videoconferência ou aula online.

Além disso, o espaço pode ser usado para atendimento pessoal.

Esse é o caso do Riserva 35, edifício com apartamentos prontos para morar no Alto da XV, em Curitiba.

Conforto acústico

É difícil se concentrar numa videoconfererência quando o vizinho está fazendo reforma ou escutando música. Assim, como quando seu cachorro late ou a campainha toca.

Sendo assim, vale a pena investir num imóvel especialmente construído para reduzir ou eliminar ruídos.

Aliás, o conforto acústico é um aspecto importante para manter a produtividade no trabalho em home office.

Desse modo, os imóveis novos levam vantagem, pois contam com diversos itens que tornam os cômodos mais silenciosos.

Iss inclui esquadrias, porta de entrada, paredes e piso com isolamento acústico ou redutor de ruídos.

Conforto térmico

Outro ponto fundamental para garantir a produtividade no trabalho home office é o conforto térmico. Ninguém merece trabalhar num ambiente escuro, mal ventilado, quente ou frio demais.

Por isso, é importante que os quartos do apartamento sejam projetados para receber o máximo de insolação e ventilação natural. Inclusive, eles devem ter venezianas integradas, de preferência automatizadas, para melhor controle da luminosidade.

Além disso, o seu quarto que será usado para home office precisa ter infraestrutura para instalação de ar-condicionado.

Tudo isso você encontra num imóvel novo.

Personalização da iluminação

Assim como o silêncio, a iluminação é um item essencial para trabalhar com conforto e bem-estar no home office. Além disso, lembre-se que você vai utilizar o ambiente para videoconferências e lives e esse é um fator crucial para a boa apresentação na tela.

Por isso, certifique-se que a construtora ou incorporadora permite a personalização do imóvel ao comprar um novo. Também é importante ficar atento ao prazo para fazer essa solicitação à empresa.

Tecnologia para internet 5G no home office

Com certeza, pelo menos 8 em casa 10 pessoas tiveram problemas com a internet para o trabalho em home office. Especialmente, com a rede Wi-Fi.

Primeiramente, pela instabilidade da conexão. Em segundo lugar, porque a banda não é suficiente para atender vários aparelhos conectados ao mesmo tempo. Por último, porque o sinal não chega a todos os cômodos do apartamento.

Os imóveis pós-pandemia inauguram uma nova geração quando o assunto é tecnologia. Ou seja: os empreendimentos lançados já incluem novas formas de conexão, inclusive, com tecnologia 5G.

Segundo o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, a previsão é que os brasileiros acessem a tecnologia 5G a partir de junho 2022, ao menos, nas 27 capitais dos país.

Em Curitiba, o Mirage Silva Jardim, edifício com apartamentos de luxo em construção no Batel, será construído com infraestrutura para 5G.

Além disso, os moradores do Le Sense, lançamento de alto padrão no Água Verde, também poderão contar com essa tecnologia.


Posts Recents
Cobertura penthouse ou duplex? Leia Mais
Financiamento imobiliário: vale antecipar? Leia Mais
Pesquisa revela índice de 94% de satisfação dos clientes Leia Mais
O imóvel ideal para home office Leia Mais